ASBIN - Associação dos Servidores da Agência Brasileira de Inteligência
ASBIN - Associação dos Servidores da Agência Brasileira de Inteligência
Intervenção Federal no Rio de Janeiro é tema de palestra
Intervenção Federal no Rio de Janeiro é tema de palestra
Enviado: 04/09/2018 às 08:42:00

Um novo encontro da Rede Capixaba de Inteligência foi realizado nesta quinta-feira (23), e o palestrante convidado do mês foi o Subsecretário de Intervenção Federal do Rio de Janeiro, General Pimentel, que falou sobre a Intervenção Federal na área de segurança pública no Rio de Janeiro. O evento dos profissionais das áreas de segurança e inteligência de empresas e organizações que atuam no Estado foi realizado no auditório da PMES, em Vitória, e lotou o auditório.

Para reforçar o combate ao crime organizado que vinha avançando no Rio de Janeiro, o presidente da República, Michel Temer, assinou no dia 16 de fevereiro de 2018 o decreto pela intervenção federal na segurança pública do estado, com previsão de término para o dia 31 de dezembro de 2018.

O General Pimentel, agradeceu a presença de todos e ressaltou a importância de compartilhar informações acerca da intervenção. “Eu vejo como um dever, trazer notícias sobre a intervenção federal, e em como ela tenta minimizar a insegurança que o estado do Rio de Janeiro vem vivendo.”

“Acredito que, as expectativas em torno da intervenção sejam um pouco diferentes, da nossa percepção com a da sociedade, essa, esperava que com a intervenção os problemas do Rio fossem resolvidos, mas, essa nunca foi nossa missão”, destacou o General Pimentel, que completou que as forças armadas trabalham junto das policias militar e civil, e tentam colocar num rumo aceitável o estado que a sociedade carioca merece.

Com fotos das comunidades do Rio de Janeiro que são assumidas pela criminalidade, o General começa sua apresentação. “Trago essas fotos para que tenhamos os dois pés na realidade. Mostrar o que enfrentamos no Rio de Janeiro, para que assim, a discussão não se apequene e que se discuta outros fatores, que não apenas que as policias precisam se aproximar da população. É claro que precisa, mas, existe um caminho a ser percorrido para que isso se ocorra de forma natural, e que assim, tudo se integre”.

A apresentação do Subsecretário de Intervenção Federal do Rio de Janeiro, General Pimentel, trouxe aos presentes um pouco da vivência das forças armadas nesse período de intervenção. “Como mostrei aqui, não é fácil gerir a segurança pública sem que outras áreas como educação e saúde, não estejam alinhadas também. Mas, temos buscado uma agenda positiva, de mostrar aquilo que realmente está sendo feito. Para que tudo isso possa servir no futuro como uma referência. ”

Ao final o General parabenizou a Rede Capixaba de Inteligência por organizar reuniões temáticas para que a sociedade se organize e acompanhe as políticas públicas de perto. “É muito mais importante reformar a sociedade do que reformar só polícia, tem que ser o conjunto”.

Rede Capixaba de Inteligência

A Rede Capixaba de Inteligência foi criada com a finalidade de promover integração e disseminar conhecimentos. Participam da rede os profissionais das áreas de segurança e inteligência de empresas e organizações de diversos segmentos, que atuam no Estado e no Espírito Santo em Ação.

O grupo se reúne mensalmente com o objetivo de fortalecer a integração dos setores relacionados à defesa social, promovendo o debate em torno de ideias e propostas, acerca da temática segurança cidadã, compreendida pela integração das ações dos operadores da segurança pública (controle social formal – sistemas policial, judicial e prisional), com a necessária participação de outros importantes segmentos sociais (públicos e privados), tais como educação, saúde, cultura, lazer.

Fonte: Espírito Santo em Ação