ASBIN - Associação dos Servidores da Agência Brasileira de Inteligência
ASBIN - Associação dos Servidores da Agência Brasileira de Inteligência
ASBIN apresenta pleitos dos servidores ao ministro Heleno
ASBIN apresenta pleitos dos servidores ao ministro Heleno
Enviado: 15/02/2019 às 17:31:23

Na primeira reunião da ASBIN com o novo ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, que ocorreu no dia 1º de fevereiro, em Brasília, o ministro ressaltou que os profissionais de Inteligência, assim como a Atividade de Inteligência brasileira precisam ser valorizados. Pela Associação, participaram o presidente Carlos Estrela e o vice-presidente licenciado Sérgio Carazza. Também esteve presente o diretor-adjunto da Abin, Frank Oliveira.

“Investir em Inteligência é mais que estratégico, é fundamental para a soberania nacional. Uma Inteligência robusta fortalece ações preventivas de defesa dos interesses da sociedade brasileira e dá suporte ao presidente da República e às instâncias máximas do Poder Executivo em seus processos decisórios, especialmente no âmbito das negociações internacionais, com foco no desenvolvimento social e econômico do Brasil e no melhor interesse do povo”, ressalta Estrela.

Esta não é a primeira vez que o ministro Heleno afirma o compromisso desse governo com a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). “Estamos confiantes que, com o ministro Heleno à frente do GSI, o papel dos profissionais e da Atividade de Inteligência do país será alavancado ao patamar que o Brasil espera e precisa”, destaca o presidente da ASBIN.

Na pauta da reunião, dentre os pleitos abordados, foram tratados os seguintes assuntos:

1. Manter a nomeação de Oficial de Inteligência para o cargo de Diretor Geral da ABIN;

2. Reforçar ações políticas em prol da constitucionalização da atividade de Inteligência;

3. Reforçar ações políticas em prol da inclusão dos cargos do Grupo de Informações, de nível superior e de nível intermediário, nas Carreiras de Oficial

Técnico e de Agente Técnico de Inteligência;

4. Reforçar ações políticas em prol da inclusão dos cargos do Grupo de Apoio, de nível superior e de nível intermediário, nas Carreiras de Oficial Técnico e de Agente Técnico de Inteligência;

5. Envidar esforços em prol da inclusão dos anistiados da ABIN em tabela especifica;

6. Envidar esforços para, no âmbito da futura Reforma da Previdência, garantir aos profissionais de Inteligência da ABIN, Regime Especial;

7. Envidar esforços em prol da recomposição salarial dos profissionais de Inteligência da ABIN;

8. Reformulação das Carreiras e da Política de Salários;

9. Envidar esforços para inclusão da ABIN no rol das instituições beneficiadas com adicional de fronteira previsto na Lei nº 12.855, de 2 de setembro de 2013; e

10. Envidar esforços para a realização periódica de concurso público.

Ainda na reunião, o presidente da ASBIN manifestou as congratulações ao ministro Heleno, desejando êxito no exercício da liderança do GSI, e disse que a Associação está à disposição para dialogar e contribuir no aperfeiçoamento do serviço de Inteligência de Estado do Brasil.